Yorkshire Terrier

Yorkshire Terrier
Março 6, 2012 AlexKB

YORKSHIRE TERRIER

História do Yorkshire terrier

A Raça Yorkshire terrier é originária do condado de York, na Inglaterra. Seu nome, a principio, era Terrier Escocês passando, pouco tempo depois, a Terrier Anão de Pêlo Longo e mais tarde, a YorkshireTerrier. As primeiras referências a essa raça são encontradas em 1850 em Yorkshire.

YORKSHIRE 1 (Copy)

O Yorkshire terrier foi criado pôr operários que desejavam ter um cão pequeno mas que fosse um bom caçador de ratos, para combater esses roedores que, em grandes quantidades invadiam toda a região em que eles viviam e trabalhavam e, de acordo com as informações, parece que eles conseguiram.

YORKSHIRE 2 (Copy)

Antes de 1750, a maioria dos britânicos trabalhava na agricultura, mas com o advento da revolução industrial houve grandes mudanças na vida familiar e muitos operários deixavam a Escócia para transferir-se ao Condado de Yorkshire, onde cresceram pequenas comunidades ao redor das minas de carvão, dos moinhos têxteis, e das indústrias de lã, levando junto consigo os seus cães.

YORKSHIRE 3 (Copy)
Seus antepassados vieram da Escócia, onde corre o rio Clyde e onde os cães mais utilizados para caça eram o ClydesdaleTerrier

clydesdale-terrier-illustration-3

e o Paisley Terrier,

paisley-terrier

semelhantes ao Sky Terrier,

Skye-terrier

com pêlo macio e a pelagem lembrando o atual Yorkshire, pesando em torno de 5,5 – 7 kg. Contudo, o desenvolvimento adicional objetivando o Yorkshire terrier atual ainda estava de um certo modo fora de questão, sendo ele muito diferente do Yorkshire terrier do norte da antiga Inglaterra, muito maior que o Yorkie atual.
Estes terriers foram cruzados com outros tipos de terrier, provavelmente o Preto Inglês, o Toy Bronzeado e o SkyeTerrier. Especula-se também ,que em alguma fase o Terrier maltês fora cruzado com estas raças para ajudar na conformação de sua pelagem, composta por pelos longos. Isto é afirmado, visto que o tipo da pelagem do maltês se assemelha a dos Yorkies atuais, exceto pela cor. Todavia, nenhum registro na forma de pedigrees, existe para confirmar estes cruzamentos (possivelmente por causa do baixo nível de alfabetização naqueles tempos).

YORKSHIRE 4 (Copy)

Yorkshire terrier

História recente 

A primeira aparição nas exposições foi em 1861, em Birmingham. A primeira inscrição no livro de registros do Kennel Clube foi feita em 1886. Assim, sua história atual tem mais de cem anos.
Em 1898, o Kennel Club da Inglaterra, que acabava de ser criado, reconheceu-o com o nome de YorkshireTerrier.

YORKSHIRE 5 (Copy)

Os primeiros cães e seus criadores

Em 1874, os primeiros Yorkies foram registrados no livro do Kennel Clube Britânico. Eles foram chamados de “Terriers Escoceses de Cabelo Quebrado” ou ” Yorkshire terrier “, até que em 1886, o Kennel Clube Britânico reconheceu o Yorkshire terrier como uma raça individual. O primeiro clube da raça Yorkshire terrier foi formado em 1898.
Durante estes primeiros anos, quem grandemente influenciou a raça foi a Senhora Edith Wyndham-Dawson, que por um tempo foi secretária do Clube Yorkshire terrier, e trabalhou desde então pela melhoria da raça. Depois, a Senhorita Palmer que era a empregada do canil da Senhora Edith, começou seu próprio canil de yorkies, sob o “prefixo de Winpal”. Quando a Senhora Edith retornou à Irlanda, pelo começo da Primeira Guerra Mundial, a Senhorita Palmer foi trabalhar para a Sra. Crookshank do prefixo Johnstounburn, um nome com uma longa lista de campeões, que atualmente estão aos cuidados de Daphne Hillman, uma entusiasta deste prefixo – o utilizando ainda junto com o seu próprio prefixo de Yorkfold.
Outros nomes também trabalharam arduamente nestes primeiros tempos para a melhoraria da raça. A evolução deve-se a estes primeiros criadores, que se tornaram os fundadores de vários canis na América do Norte e em outros lugares.
Yorkshire terrier atual difunde-se por todo o mundo. Em 1932, somente 300 yorkies foram registrados no Kennel Clube Britânico. Já em 1957, o número chegava a 2.313, e na década de 1970, os yorkies já eram a raça mais popular na Inglaterra. Esta tendência continuou até a década de 1990 com um número de registros de 25.665 yorkishires. Porém, esta tendência começou a declinar, e em 1994 havia 12.343 inscrições, com o yorkie sendo a 7ª raça mais popular.

Yorkie30

 

 

Inglaterra 1935
O Yorkshire terrier mais famoso dos tempos modernos no Reino Unido, foi o CH Blairsville Royal Seal.



Blairsville_Royal_Seal

 

                Brian Lister með Ch Blairsville Royal Seal

 

Capturar3

 

Capturar

Ele veio do CH BeechriseSurprise e sua dam CH BlairsvilleMostRoyale. Este animal era popularmente conhecido como Tosha, apelido dado por seus admiradores. Ele foi criado pelo seu proprietário o Sr. Brian Lister e sua esposa, Rita. Durante sua carreira de exposições, Tosha ganhou 50 CCs, todos sob juízes diferentes. Ele foi Best in Show doze vezes e dezesseis vezes reserva de Best in Show. Tosha levou 33 prêmios de Melhor de Grupo e foi reserva de Best in Show em Cruft´s em 1978, assim como sua dam tinha sido antes dele. Tosha foi o Top Dog, de todas as raças, durante dois anos consecutivos. Ele se tornou o antepassado de muitos campeões, e ainda se caracteriza como um diferencial nos pedigrees de muitos yorkies atuais.
Quando Royal Seal morreu, aos quinze anos, em 1988, o registro de maior número de CCs da raça foi quebrado por Osman Sameja’s CH OzmilionDedication Jamie,

Capturar

que terminou sua carreira de exposições com 52 CCs, embora não todos de juízes diferentes. Jamie também possui dois títulos de campeão de todas as raças e seus prêmios no grupo de Toydogs o ajudaram a ganhar o título de Top Dog em 1987.

YORKSHIRE 6 (Copy)

Yorkshire terrier 

A raça na América do Norte

Alguns dos primeiros canis americanos mais notáveis são Janet Bennet e Joan Gordon (Wildweir), que importaram muitos yorkies ingleses, inclusive das linhas de Johnstounburn, Haringay e Buranthea. O canil Olhos de Veludo exportou mais de 200 Yorkies para criadores americanos. Os canis de Mayfield-Barban, possuídos por Anne Seranne e Barbara Wolferman,

ane serane

também fizeram muito para melhorar a raça.
Outro cachorro que teve influência significativa para os yorkies norte-americanos foi o CH Finstal Royal Icing, criado por SybilPritchard no Reino Unido e exportado para os canis de Jentre, depois que Sybil morreu. Ele é proveniente do CH FinstalJohnathan, que ainda tem sua linhagem premiada na Grã-Bretanha atualmente.
Atualmente, o yorkshireterrier também é muito popular na América do Norte. Em 1992, os yorkies classificavam-se como os de número quatorze na lista do AKC das raças mais populares, com 39,904 registros. Em 1994 eles subiram para a 11º colocação, embora as inscrições tivessem caído para 38,626. Deve-se isso ao fato de, globalmente, os registros AKC terem diminuído entre todas as raças populares.

YORKSHIRE 7 (Copy)
Yorkshire terrier

Cores
– azul aço escuro (nunca azul prateado), estendendo-se do occipital à raiz da cauda, jamais, mesclados de pêlos fulvos, bronze ou escuros. No antepeito a pelagem é fulvo intenso e brilhante. Todos os pêlos de cor fulvo são mais escuros na raiz que no meio, ficando ainda mais claros nas pontas. Na cabeça, de cor fulvo dourado intenso, e cor mais saturada nas faces, na base das orelhas e no focinho. A cor azul aço escuro (nunca azul prateado), estendendo-se do occipital à raiz da cauda, jamais, mesclados de pêlos fulvos, bronze ou escuros. No antepeito a pelagem é castanho intenso e brilhante. Todos os pêlos de cor castanha são mais escuros na raiz que no meio, ficando ainda mais claros nas pontas.

YORKSHIRE 8 (Copy)

Filhotes Yorkshire terrier
Os yorkies nascem geralmente pretinhos, e vão mudando de cor conforme seu crescimento, até chegar à marcação de suas cores definitiva. É fascinante observar esta mudança de cor no yorkie, são poucas as raças em que ela varia tanto, desde o nascimento até à idade adulta.

YORKSHIRE 9 (Copy)
Temperamento
Estes pequenos caçadores são extremamente ativos, dóceis e cheios de personalidade. Possuem os traços típicos de um caçador, já que são corajosos (são ótimos para alertar a chegada de pessoas estranhas) e um pouco obstinados. Um dos motivos que o tornam tão encantador tem suas raízes na própria função original da raça, ele é um Terrier, grupo de raças que se caracterizam por serem ativas, destinadas a localizar e caçar animais em tocas, sem a ajuda humana. Daí seu caráter independente, esperto, vivaz, auto-confiante e sua atitude sempre alerta. Aliás, como todo bom caçador, dará o alarme ao menor ruído estranho à rotina da casa.

YORKSHIRE 10 (Copy)
Yorkshire terrier

Yorkshire terrier Com crianças
Devido ao seu ótimo temperamento, por sua alegria e por ser sociáve, ele é considerado como uma verdadeira terapia para as pessoas que sofrem de solidão ou de depressão, bem como para servir de companhia para filhos únicos. Uma criança que possua um Yorkshire nunca se sentirá só, porque ele estará sempre chamando a sua atenção, fazendo gracinhas e palhaçadas, provocando-a para brincadeiras e fazendo carinhos e até chamegos para agrada-la.

YORKSHIRE 11 (Copy)

YORKSHIRE 12 (Copy)

 

Yorkshire terrier

Yorkshire terrier Com outros animais
Ele vive bem com outros animais, inclusive gatos e outros cães não tendo, normalmente, ciúme deles exceto quando sente que o seu dono está dando preferência a outro animal. É muito afetuoso e carinhoso com o seu dono, demonstrando sempre o seu afeto e carinho, como um bom companheiro e amigo. Com estranhos, no entanto, é bastante desconfiado e, apesar do seu tamanho chega, até a ser-lhes hostil.

YORKSHIRE 13 (Copy)

 

Yorkshire terrier

Yorkshire terrier –A RAÇA SE ADAPTA A APARTAMENTOS E PEQUENOS ESPAÇOS?
Sim, por ser uma raça pequena que não precisa de exercícios físicos extras e nem faz muita sujeira, o Yorkshire é uma das raças mais procuradas para ser criada em apartamentos.

YORKSHIRE 14 (Copy)

O YORKSHIRE TERRIER LATE MUITO? SOLTA MUITO PELO?
O Yorkshire terrier não late muito, só late em momentos que fujam da rotina da casa. O yorkshire não solta muitos pelos, para isso mantenha o seu cão sempre alimentado com ração superpremium e evite dar comidas que não sejam apropriadas para cães.

YORKSHIRE 15 (Copy)

O YORKSHIRE TERRIER GOSTA DE ÁGUA?
Yorkshire terrier adora nadar! No geral, eles começam a nadar naturalmente. Mas não se assuste se seu cãozinho ficar com medo de entrar na água da primeira vez. Nunca jogue um filhote na água, pois pode causar traumas irreversíveis. Se você tem um cão adulto que goste de nadar, provavelmente o filhote de YorkshireTerrier irá atrás. Você também pode tentar mergulhar pra ver se seu cachorro irá atrás de você.

YORKSHIRE 16 (Copy)

Cuidado com as unhas do seu cão na hora de nadar, pois eles podem te arranhar ao tentar ir para o seu colo dentro da água.
A primeira vez de um filhote na piscina deve ser bem devagar e calma, no tempo dele. Aos pouquinhos elevai tomando coragem. Deixe-o explorar o ambiente no seu próprio ritmo. Se ele quiser só brincar com a água e abanar o rabo, deixe! Conforme ele for ganhando confiança, vai avançar na tarefa.

Importante: cachorros não podem ficar na água (seja piscina, cachoeira, lago, rio, lagoa, praia etc.) sem supervisão de maneira nenhuma. É normal um cão não saber como sair de uma piscina e sofrer uma estafa muscular antes que alguém vá socorrê-lo.

Yorkshire terrier

Yorkshire terrier Inteligência
Segundo o ranking das raças mais inteligentes do mundo, o Yorkshire terrier encontra-se na 27a posição. Isso significa que ele é inteligente e fácil de treinar. Com certeza a maior qualidade dessa raça é a adaptabilidade e a versatilidade. Com treinamento, o YorkshireTerrier pode fazer praticamente qualquer coisa que você pedir, menos, claro, redigir um romance ou fazer um discurso! Por causa do seu amor pelas pessoas, eles são muito receptivos, adoram agradar o dono…isso faz com que os Yorkies sejam IRRESISTÍVEIS!

YORKSHIRE 17 (Copy)

Yorkshire terrier

Muito colo não é bom!
Levar um cão, como um Yorkshire, sempre no colo, é um grave erro porque, além dos inconvenientes (entortar a coluna), ele ainda recebe uma superproteção e, como ele sabe disso, passa a bancar o valente e a rosnar e a latir para outros cães, por maiores que sejam, desafiando-os, porque sabe que nada lhe poderá acontecer, porque tem consciência da impunidade que o protege.
Por menor que seja o Yorkshire, o melhor é que passe o maior tempo possível no chão, para que possa viver normalmente, andando, correndo, pulando, brincando, brigando, vivendo uma vida normal, o que o faz muito mais feliz. Devemos permitir e até facilitar que o nosso cãozinho tenha contatos e até convivam com outros animais, esse contato com outros cães lhe proporcionará benefícios psicológicos, pois ele aprenderá a se relacionar normalmente.

YORKSHIRE 18 (Copy)

Yorkshire terrier

Padrão Oficial da Raça
CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA
YORKSHIRE TERRIER

YORKSHIRE 19 (Copy)

NOMENCLATURA CINÓFILA UTILIZADA NO PADRÃO DO YORKSHIRE TERRIER
1 – Trufa

2 – Focinho

3 – Stop

4 – Crânio

5 – Occipital

6 – Cernelha

7 – Dorso

8 – Lombo

9 – Garupa

10 – Raiz da cauda

11 – Ísquio

12 – Coxa

13 – Perna

14 – Jarrete

15 – Metatarso

16 – Patas

17 – Joelho

18 – Linha inferior

19 – Cotovelo a – profundidade do peito

20 – Linha do solo

21 – Metacarpo b – altura do cotovelo

22 – Carpo

23 – Antebraço a + b = altura do cão

24 – Nível do esterno na cernelha

25 – Braço

26 – Ponta do esterno

27 – Ponta do ombro

APARÊNCIA GERAL DO YORKSHIRE TERRIER:

de pelagem longa; o pêlo cai perfeitamente reto, repartido
por uma linha que se estende da trufa à extremidade da cauda, de maneira igual para
cada lado. Muito compacto e de contorno definido, porte imponente (empinado), o
que lhe confere um ar importante. O conjunto de suas formas revela vigor e boas
proporções.

YORKSHIRE 20 (Copy)

Yorkshire terrier

COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO:

alerta, inteligente, terrier de companhia. Cheio de vivacidade e índole igual.

YORKSHIRE 21 (Copy)

CABEÇA DO YORKSHIRE TERRIER

REGIÃO CRANIANA
Crânio: mais para pequeno e plano, não muito proeminente ou arredondado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: preta.
Focinho: não muito longo.
Maxilares / Dentes: perfeita, regular e completa mordedura em tesoura. Os dentes
são bem alinhados com maxilares de igual comprimento.
Olhos: de tamanho médio, escuros, brilhantes, com expressão inteligente e de inserção
frontal. Não proeminentes. Bordas palpebrais escuras.
Orelhas: pequenas, em forma de V, portadas eretas, sem serem muito afastadas,
revestidas de pelagem curta, de cor fulvo saturado e intenso.
Pescoço: de bom comprimento.

YORKSHIRE 22 (Copy)

Tronco: compacto.
Dorso: plano.
Lombo: bem firme.
Costelas: moderadamente arqueadas.

YORKSHIRE 23 (Copy)

Cauda: normalmente cortada.
Cortada: de comprimento médio com profusão de pêlos, com cor azul mais escuro
que o restante do corpo, especialmente, na extremidade da cauda. Portada um pouco
mais alta que o nível do dorso.
Não Cortada: coberta de pêlos, de coloração azul mais escuro que o restante do
corpo, especialmente no final da cauda. Portada um pouco mais alta que o nível do
dorso. Tão reta quanto possível. O comprimento deve dar ao cão uma aparência
equilibrada.

YORKSHIRE 24 (Copy)

MEMBROS DO YORSHIRE TERRIER
Anteriores: pernas retas, bem revestidas de pelagem fulvo dourado intenso, levemente
mais claro nas pontas que nas raízes, não ultrapassando acima do nível dos cotovelos.
Ombros: bem inclinados.
Posteriores: vistos por trás, membros perfeitamente retos. O joelho é moderadamente
angulado. Bem revestidos de pelagem fulvo dourado intenso, cujas pontas são alguns
tons mais claros que as raízes, não ultrapassando acima do nível dos joelhos.
Patas:redondas; unhas pretas.
Movimentação: livre com boa propulsão. Anteriores e posteriores trabalham
corretamente direcionados para a frente, mantendo a linha superior nivelada.

YORKSHIRE 25 (Copy)

PELAGEM DO YORKSHIRE TERRIER
Pêlo: no tronco, o pêlo é moderadamente comprido, perfeitamente reto (sem
ondulações), brilhante; de textura fina e sedosa, nunca lanosa. Na cabeça, é longo,
de cor castanho dourado intenso, e de cor mais saturada nas faces, na base das
orelhas e no focinho, onde o pêlo é bem longo. A cor castanho da cabeça não deve
alcançar o pescoço. Na pelagem, não poderá haver, absolutamente, qualquer mescla
depêlos escuros ou encarvoados na cor castanho.

Cor: azul aço escuro (nunca azul prateado), estendendo-se do occipital à raiz da
cauda, jamais mesclados de pêlos fulvos, bronze ou escuros. No peito, a pelagem é
castanho intenso e brilhante. Todos os pêlos de cor castanho são mais escuros na raiz
que no meio, ficando ainda mais claros nas pontas.

Peso: até 3,100 quilos.

YORKSHIRE 26 (Copy)

CUIDADOS COM SEU YORKSHIRE TERRIER

Banho
Quando o animal for filhote devemos dar banhos a cada 15 dias, quando adulto uma vez por semana, (atenção: dar banho somente duas horas após ele ter se alimentado para evitar que tenha uma congestão) isto você mesmo pode fazer em casa, assim: colocar algodão no ouvido, usar água morninha e secador mais para o frio e distante do animal, para que assim não queime o pelo, nunca usar sabão de coco ele resseca o pelo, e escovar enquanto seca o animal, usar shampoo manipulado (Germe de trigo ou colágeno) e condicionador, colônias somente as manipuladas para cães ou as importadas, pois o ph dos animais é diferente do nosso e você pode provocar alguma alergia desnecessária.

YORKSHIRE 27 (Copy)
Unhas
Como todos os cachorros, essa raça também precisa cortar as unhas regularmente. É perigoso cortar as unhas do seu cão porque eles têm uma carne interna que se for cortada, dói muito e sangra bastante. Por isso, o ideal é que você leve ao veterinário ou petshop para cortá-las.

YORKSHIRE 28 (Copy)

Escovando os pelos
Escovar os pelos diariamente é uma tarefa prazeiroza tanto para o cão quanto para o dono. São três passos para uma escovação perfeita:
1 – Escove no sentido do crescimento dos pelos para limpar a pelagem superficial
2 – Escove cuidadosamente na direção oposto ao crescimento dos pelos, para limpar os pelos de baixo e massagear a pele
3 – Escove novamente na direção do crescimento dos pelos para arrumar.

YORKSHIRE 29 (Copy)

Tosa do Yorkshire terrier
Por não ter um subpelo, o YorkshireTerrier não deve ser tosado. Dependendo do objetivo, pode-se fazer o corte para competição (pelos longos), o corte higiênico (tira os pelos apenas das patas, rosto e partes íntimas) e o corte filhote, que deixa o pelo bem curtinho, parecendo com o pelo dos filhotes de Yorkie.

YORKSHIRE 30 (Copy)
O yorkie e suas orelhas
Os yorkies precisam usar uma ” talinha” ( geralmente uma fita adesiva grossa, pode ser micropore) para ajudar a orelha a se firmar em pé. Ela é colocada quando o filhotinho tem cerca de30 dias e deve ficar por 15 dias , ou mais dependendo do caso.

YORKSHIRE 31 (Copy)

Alimentação do Yorkshire terrier
Uma nutrição balanceada é essencial. Grande parte da saúde futura o filhote estabelece durante o crescimento. Então é vital não cometer erros nutricionais durante um período chave para seu futuro. O cão tem sido um carnívoro desde os tempos mais remotos, e seu corpo é COMPLETAMENTE diferente do nosso – então, ele não pode comer o mesmo alimento que nós comemos.

Ao nascer, um filhote de YorkshireTerrier pesa por volta de 140g ou 5% do peso corporal de sua mãe, enquanto um filhote de Dogue Alemão pesa cerca de 600-700g, ou seja 1% do peso de sua mãe. Eles NÃO seguirão o mesmo caminho na idade adulta!!!!

YORKSHIRE 32 (Copy)

Os Principios da Nutrição

Sem dúvida, o alimento deve suprir energia, mas também tem que construir e manter as células corporais, previnindo eventuais problemas digestivos, articulares e relacionados com o envelhecimento. Para dar conta desses 4 objetivos, a dieta deve ser elaborada com precisão. Proteínas, minerais, oligolementos, vitaminas, gorduras, glícidios – cada grupo de nutrientes desenvolve seu papel. Suas quantidades devem ser exatas, nem de mais, nem de menos a fim de atingir os objetivos para cada cão. Um alimento de qualidade, que possui as demandas de nutrição e saúde, conterá ao menos 50 nutrientes diferentes!

As rações SUPER PREMIUM são as mais indicadas, por serem completas e satisfazerem seu cãozinho de todas as formas. A fonte dos nutrientes da ração superpremium são melhores que qualquer outra ração. Isso faz com o que a absorção deles e o aproveitamento pelo organismo seja muito superior ao das outras rações.

Exemplo de rações superpremium: Royal Canin, Premier, Cibau, Hills, Eukanuba, ProPlan, entre outras.
Curiosidade: Um cão pequeno possui necessidades energéticas duas vezes maiores que um de raça grande.

 

Yorkshire terrier

Curiosidades
Yorkshire pode ser o cão mais velho do mundo
23 de setembro de 2010
Sem praticamente nenhum dente na boca e cego de um olho, Billy, um Yorkshirede 22 anos, já passou por dias melhores. Na verdade, ele já passou por mais de oito mil dias. O cachorro tem idade equivalente a 154 anos humanos e pode ser nomeado em breve como cão mais velho do mundo.
Billy foi adotado em junho deste ano pela aposentada (Crédito: Reprodução/ Daily Mail)
De acordo com o jornal Daily Mail Billy pertence à britânica Betty Holdsworth, que declarou que apesar de ser idoso, o pequeno continua agindo como um filhote. “Ele tem muita energia, é cheio de vida”, revelou a senhora de 71 anos.
Ela disse ainda que o cãozinho mantém uma rotina bem agitada. Ele faz duas caminhadas diariamente e adora ser mimado. “Ele é tão carinhoso. Adora estar ao meu lado”, contou Betty, que o adotou em junho deste ano. Segundo a publicação, a tutora antiga de Billy faleceu, deixando um diário onde escreveu o ano que adotou o filhote: 1988.
A idosa contou também que depois que seu cachorro antigo faleceu, ela decidiu adotar um animal que já fosse velhinho, já que não sabe por mais quanto tempo ela viverá. “No abrigo, me disseram que Billy já estava em uma situação precária, mas ele não é nem um pouco frágil”, disse.
Betty contou que o pequeno tem um gosto afinado para comida, preferindo ração de qualidade e não dá sinais de que esteja diminuindo o ritmo de vida. “Ele continua adorando brincar e é muito vigoroso, principalmente para buscar bolinhas”.

YORKSHIRE 33 (Copy)

Indicadores de humor do Yorkshire terrier
Alerta: orelhas aguçadas, em posição vertical.
Prestes a atacar: orelhas para trás, dentes à mostra, em posição agressiva com os pelos eriçados.
Confiante: cauda para cima, em posição vertical.
Assustado: cauda entre patas, com as costas bem baixas e mostrando o branco dos olhos.
Feliz: orelhas para trás, olhos entreabertos, com a cauda abanando.
Submisso: orelhas para trás, virando-se para cima, com a barriga à mostra.

YORKSHIRE 34 (Copy)

Problemas comuns ao Yorkshire terrier

Um cuidado especial deve ser tomado pelos donos e futuros donos de Yorks: nunca adquirir exemplares de pais muito pequenos, uma vez que estes são considerados mais “agitados” e excessivamente excitáveis além de serem mais propensos a terem problemas de saúde. Por isso, considere sempre o padrão da raça, que estabelece como peso ideal 3 Kg. Infelizmente, a procura por exemplares pequenos criou termos oficialmente inexistentes, como “micro” ou “zero”, por isso, todo cuidado é pouco na hora de adquirir um filhote.
A palavra micro ou mini é usada para descrever um cachorro muito pequeno, geralmente abaixo do peso padrão estabelecido , que é de 1,8kg a 3,2kg.
Muitos filhotes ” micro” são na verdade prematuros, tendo maior propensão à doenças….

YORKSHIRE 35 (Copy)

Fechamento tardio da moleira

O correto é que elas se fechem em 20 ou 30 dias, mas quando existe algum problema, elas só se fecham com dois meses e meio de idade. Se isso acontecer, você terá que redobrar o cuidado com o filhote, evitando assim que ele dê pancadas na cabeça. Com o tempo, o problema terá solução por si só.

YORKSHIRE 36 (Copy)
Placa bacteriana

A dentição dupla tem como consequência a placa bacteriana que se calcifica, formando uma crosta sobre os dentes. Isso vai resultar em mau hálito, salivação excessiva, dificuldade para comer, inflamação nas gengivas, sangramento e até perda dos dentes. Uma infecção grave na gengiva, pode se alastrar pelo organismo, por isso, você deve oferecer objetos duros para roer, como ração seca e ossos e escovar os dentes dele com escova e dentrifício próprio para cães. O tártaro precisará ser removido pelo veterinário.

YORKSHIRE 37 (Copy)
Luxação patelar
A maior parte das luxações de patela têm origem congênita/hereditária, porém podem ocorrer também em consequência a um traumatismo grave em que há ruptura de um ou ambos ligamentos cruzados ou colaterais.
É comum o animal apresentar graus variáveis de osteoartrite devido ao deslocamento patelar e consequente destruição da cartilagem articular.

YORKSHIRE 38 (Copy)

Hidrocefalia

Trata-se de uma má formação do cérebro que causa o acúmulo de líquido intercerebral. É hereditário e não se deve comprar filhotes de pais que possuam a doença. O ideal é que o animal que apresente a doença seja castrado e não reproduza. Esta doença deixa a cabeça maior do que o tamanho comum, a moleira não fecha e causa distúrbios neurológicos e crescimento retardado. Pode causar convulsões e leválo a morte.

YORKSHIRE 39 (Copy)
FILMES COM YORKSHIRE TERRIER

 

YORKSHIRE 41 (Copy)

 

 

YORKSHIRE 40 (Copy)

 

REVISTAS

 

YORKSHIRE 42 (Copy)

 

YORKSHIRE 43 (Copy)

Bichos dos famosos
Os animais de estimação são os melhores companheiros dos famosos. Conheça os mascotes das celebridades nacionais e internacionais!

Guilhermina Guinle e Lilá

YORKSHIRE 44 (Copy)

Guilhermina é apaixonada por animais e não desgruda da sua cadelinha da raça yorkshire, batizada de Lilá. Ela cuida da cachorra como se fosse uma filha – o bicho recebe tratamentos de beleza e passeia sempre com a dona pelas ruas do Leblon, bairro da zona sul do Rio de Janeiro.

 

Luciana Gimeneze e sua Yorkshire

YORKSHIRE 45 (Copy)
Apaixonada por animais, Luciana Gimenez brincou com a cadelinha da raça Yorkshire na sua festa de 39 anos, realizada em dezembro de 2009 no Bar Secreto, na zona sul de São Paulo. A apresentadora ganhou a cachorrinha dos funcionários da Rede TV!. Depois do presente fofo, Luciana não desgrudou mais do bichinho.
Beth Goulart, atriz, e ayorkshire Nina

YORKSHIRE 47 (Copy)
Paris Hilton e a Yorkshire Cinderella

YORKSHIRE 48 (Copy)

SUSANA VIEIRA APRESENTA SEUS ‘NETINHOS’

 

YORKSHIRE 49 (Copy)

A queridíssima Susana Vieira gravou, no sábado, o quadro “Amor animal”, do “TV Xuxa”. Nele, a ariz apresenta os filhotinhos de Stefhany, sua yorkshire. O curioso é que Sthefany engravidou de dois “maridos” diferentes: Clark Gable e Bob Brown. “Vai entender essa cachorrada. Mas o importante é que todos se amam e estão felizes”, brincou a “vovó” Susana.

Miley Cyrus e suayorkshire Minnie.

YORKSHIRE 50 (Copy)

Amanda Françoso

YORKSHIRE 51 (Copy)

Xuxa sobre cãozinho: “Ele pede para colocar roupinha para dormir”

YORKSHIRE 52 (Copy)

Xuxa concedeu uma entrevista à coluna “Diário da Fama” do jornal “Diário de S. Paulo” desta quarta-feira (18) em que falou sobre sua relação com Dudu Meneghel, seu cãozinho yorkshire.
“Eu faço tudo o que ele quer. À noite, ele pede para colocar roupinha para dormir”, diz a apresentadora.
De acordo com a publicação, Dudu já acompanhou Xuxa em viagens internacionais, passeios de barco e de helicóptero. “Desde o primeiro dia que ele ficou em casa não consegui mais desgrudar dele”, afirma.

Gisele Bündchen

YORKSHIRE 53 (Copy)

A atriz Natalie Portman e sua yorkshire

YORKSHIRE 54 (Copy)

Fernanda Vasconcellos

YORKSHIRE 55 (Copy)

Preta Gil ganha cachorrinho e publica foto mimando animal

YORKSHIRE 56 (Copy)

Preta Gil ganhou um filhote de cachorro da raça yorkshire. A cantora publicou uma foto em seu Twitter em que aparece enchendo o animal de carinho… “Pronto! Ela já foi batizada!!!! Minha filhinha: Chanel”, escreveu a cantora

Danielle Winits posou como seu cachorro, Stewart, um yorkshireterrier, para a nova edição da revista Estilo de Vida. Durante um bate-papo, a atriz contou para a publicação que passeia todos os dias com seu xodó pelo calçadão.

YORKSHIRE 57 (Copy)

– Saímos para passear todos os dias. Moro em frente à praia e ele não dispensa uma voltinha pelo calçadão. Por isso, digo que ele é um cachorro supercarioca, brincou ela.
Souvenirs

YORKSHIRE 64 (Copy)

YORKSHIRE 63 (Copy)

YORKSHIRE 62 (Copy)

YORKSHIRE 61 (Copy)

YORKSHIRE 60 (Copy)

 

YORKSHIRE 58 (Copy)LIVROS

O YorkshireTerrier 

YORKSHIRE 65 (Copy)

O seu pêlo longo, liso e sedoso convida à ternura e os seus olhos escuros e brilhantes exprimem toda a inteligência e vivacidade de um dos mais fascinantes cães de pequeno porte – o YorkshireTerrier. Irresistível, este pequeno canino, atrevido e amoroso, temperamental e independente, companheiro fiel e brincalhão, necessita de cuidados adequados à sua personalidade bem marcada. Para que estes cuidados sejam os mais correctos dispõe, nesta obra, de toda a informação necessária: conselhos para aquisição, indicações práticas sobre a educação, como cuidar do pêlo, a alimentação equilibrada, a prevenção e o tratamento de doenças, os primeiros socorros, a criação e ainda a participação em exposições.
Yorkshire

YORKSHIRE 66 (Copy)

Tudo o que é preciso saber para cuidar de seu cão yorkshireterrier. O veterinário Márcio Vieira apresenta o histórico da raça, os cuidados básicos, dicas sobre reprodução, criação, treinamento e uma relação das doenças mais comuns.
O Yorkshire é um dos cães mais “adotados” em lares nas grandes cidades, em todo o mundo, pois é perfeito para quem vive em apartamento. É um cão meigo, companheiro, de pelagem muito bonita e sedosa e que, com seus pêlos longos e brilhantes, possui um ar de nobreza, e imponência.
Guia do Yorkshire Terrier – Mckay, Douglas

 Guia do Yorkshire terrier

YORKSHIRE 67 (Copy)

É o mais encantador dos Cães toys, e é muito apreciado como cão de companhia. Este GUIA, ricamente ilustrado, contém todas as orientações básicas indispensáveis a um proprietário consciencioso. Saiba tudo sobre a escolha do filhote, treinamento básico, exercícios e dieta, passeio e cuidados com a saúde.

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*