Onde e os Cuidados ao Comprar o Filhote

Onde e os Cuidados ao Comprar o Filhote
Março 2, 2012 AlexKB

Diversas Raças

Se você decidiu comprar um filhote, definiu o porte, se um macho ou fêmea, se castrado ou não, se pelo longo ou curto, agora fique de olho nas dicas sobre onde adquirir esse filhote.
Lembre-se que a expectativa de vida de um cãozinho pode chegar a até 20 anos, isso corresponde a quase um terço de sua vida. Uma compra errada além de trazer diversas frustrações a você, poderá tirar de sua família o sonho de um novo integrante nos padrões, saúdee comportamento esperados.Então aqui vão algumas dicas:

  1. Nuncacompre cães em feiras de animais, ou pet shops. Esses lugares na maioria das vezes mal conhecem o local de onde vieram, e muito pouco sabem sobre os padrões da raça. Um criador é como um fanático, ele tem adoração por cães e fará tudo por eles. Quem o faz por amor procurará ter e criar sempre os melhores exemplares possíveis, pesquisando padrão e qualidade. Quem o faz por dinheiro irá apenas calcular por quanto vai comprar, por quanto vai venderquanto vai ganhar, você pretende comprar seu filhote assim?
  2. Converse com o proprietário, verifique as condições de higiene, os cuidados com os filhotes e com os padrões da raça. Verifique como o canil se propõe a melhorar a genética da raça.Desconfie muito de quem insiste em levar o filhote até você, um canil pode até se oferecer pra levar o filhote no caso de você não ter como retirar, pra facilitar, mas nunca se negar a permitir a visita ao seu canil.
  3. Exija o pedigree CBKC, órgão internacional de cinofilia.Bons criadores fazem questão de vender cães só com pedigree. Nenhum bom criador irá oferecer a venda do filhote sem pedigree pra baratear o filhote. Um pedigree custa menos de R$50,00 e nenhum bom criador deixará seu filhote sem árvore genealógica por esse valor. O pedigree trará a genética do filhote de pais, avós e bisavós e isso é muito importante. O vendedor que disse que isso é apenas um pedaço de papel esta pouco se importando com o que esta vendendo, e sim com o quanto vai ganhar.
  4. Desconfie de vendedores que escrevem a seguinte frase: CRIAMOS TODAS AS RAÇAS. Existem mais de 300 raças de cães, nenhum criador terá condições de conhecer estrutura de criação e padrão para todas essas raças a fim de oferecer a você um bom filhote. Conhecer uma raça exige estudo, leitura de livros que muitas vezes são em inglês , trabalho com a raça, conversa com handlers e juízes de cinofilia. Quem vende 300 raças sabe lá o que é isso?
  5. Exija um contrato de compra e venda, peça a identidade do vendedor e confira com a que constar do contrato. Um bom criador protege seu trabalho e protege quem esta comprando sem nenhum problema, quem não deve não teme não é mesmo?
  6. Verifique se o canil tem cnpj e inscrição estadual, pois um contrato de compra e venda não te garante nada se o canil que esta vendendo não possui comércio legalmente estabelecido.
  7. Exija também o nome e CRMV do Veterinário responsável pelo canil.Hoje é obrigatório e lei que todo canil tenha veterinário técnico responsável. Como confiar em um local que vende animais que não tenha um veterinário pra amparar e cuidar de todos os detalhes pra que você adquira um filhote de boa qualidade? Como confiar que os cuidados com genética e melhoria da raça estão sendo seguidos se você não tem um veterinário pra fazer esse acompanhamento?
  8. Desconfie de cães baratos, milagre neste caso não existe. O grande erro está em tentar economizar na compra porque o grande gasto poderá vir depois que o cão já estiver na sua casa, com tratamento de doenças genéticas ou virais por exemplo.
  9. Verifique o tipo de alimentação que é dada tanto para os adultos quanto para os filhotes, muitos canis usam ração de boa qualidade para os filhotes, mas pra minimizarem os custos, diminuem a qualidade da ração dos adultos, e isso prejudica até mesmo a formação do filhote na gestação e qualidade do leite na amamentação.
  10. Pergunte sempre qual o tipo de vacinaesta sendo utilizada no filhote. Normalmente canis com veterinária responsável sempre farão uso de vacinas consideradas éticas(as que são aplicadas somente por veterinários). Por isso pergunte sempre, veja a marca do fabricante da vacina, se é v8 ou v10 e etc.
  11. Aproveite pra perguntar sobre as vermifugações. Os vermífugos em geral não atingem giárdia, que é um protozoário que pode levar a morte do filhote e é uma zoonose que pode ser levada pra dentro de sua casa. Pergunte sempre se foi realizado tratamento pra giárdia naquele filhote.
  12. Hoje já existem testes rápidos para as principais doenças virais, que são quase sempre fatais para o filhote (parvovirose, cinomose e coronavirose), doenças que se levadas pra sua casa por um cãozinho contaminado, te trarão inúmeros transtornos, como não poder ter outro filhote por pelo menos 2 anos, ou ter que comprar um filhote com 6 meses e já todo vacinado. Existem também testes rápidos pra brucelose canina, uma zoonose que pode contaminar alguém de sua casa trazendo problemas reprodutivos irreversíveis. Hoje já é possível exigir do canil o exame que é feito na frente do cliente pra negativação dessas principais doenças.
  13. Preocupe-se sempre com a finalidade dos cães adultos, que não servem mais pra reprodução. Um bom canil trabalha com perfil de adotantes que preenchem formulários de adoção pra que se encontre cães adequados pra pessoas adequadas.
  14. Verifique sempre os benefícios, se o canil oferece um kit de filhote, com manual com os primeiros cuidados, e com a ração que o filhote come. A mudança de ração pode ser extremamente prejudicial a um filhote. Um manual e um dvd com instruções de como cuidar do filhote te ajudarão muito nos cuidados básicos com o filhote.
  15. Abuse de perguntas, veja se o proprietário sabe o que esta vendendo, a origem da raça, de que país ela se originou e etc. Quem busca melhoria da raça sabe essas informações.
  16. Certifique-se que não um canil apenas comercial, veja se o criador ama o que faz. Procure saber se é um canil comercial que apenas se interessa no valor comercial dos cães, ou se trabalham com projetos de melhoria nas raças.
  17. Nunca compre através de anúncios de locais que não têm um site com informações, contatos e endereço. A quem irá recorrer se amanha precisar resolver algum problema. Empresas com site são mais confiáveis e provavelmente terão melhor estrutura para ajuda-lo quando precisar.
  18. A castração em São Paulo já é lei, e todo canil deveria oferecer a seu cliente a opção de fazer sem custo. Esse projeto diminuiria drasticamente o número de cães abandonados nas ruas e também os cruzamentos sem acompanhamento genético realizados em casa por pessoas sem conhecimento de padrão e melhoria das raças. Portanto procure comprar sempre de um canil que te ofereça esse benefício.
  19. Somente compre cães microchipados. O microchip é uma segurança pra perda e roubo de seu animal. Dessa maneira a chance de você perder o seu amigo acaba sendo muito menor do que no caso de seu cãozinho não ter microchip.
  20. Verifique se o canil tem convênio com laboratórios que pesquisem geneticamente as doenças mais comuns naquela raça que você esta comprando.

FELICIDADES E BOA SORTE com o seu novo amiguinho.

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*